Bem-vindo. O Bella Thorne Brasil é a primeira e única fonte de notícias sobre a cantora, atriz e modelo Bella Thorne no Brasil. É um fã clube sem fins lucrativos criado com o intuito de informar-lhe. Não possuímos nenhum contato, ou ligação com a mesma ou sua família. Fique por dentro das novidades e siga-nos em nossas redes sociais para mais informações. Sinta-se convidado a desfrutar de todo nosso conteúdo e lembre-se de sempre atribuir os devidos créditos.
Resenha de “A Babá”

Na útima sexta-feira 13, a Netflix lançou o filme The Babysitter (A Babá), que conta com a participação de Bella Thorne. Se você gosta de Esqueceram de Mim e filmes de terror violentos “com pessoas gostosas“, vai adorar A Babá. O filme começa leve, como uma comédia, mas logo ganha a atmosfera sombria de filme de terror e vira um Todo Mundo em Pânico.

Cole (Judah Lewis) é um menino de 14 anos que está naquela fase entre a infância e a adolecencia, muito novo para coisas de adulto e muito velho para brinquedos. Mas seus pais ainda contratam uma babá para cuidar dele quando saem. Bee (Samara Weaving) é linda e descolada, e é a pessoa que Cole mais confia. Até que ele decide, como sugestão de sua colega de escola, ficar acordado depois de Bee manda-lo dormir. É ai que ele descobre o segredo sinistro de Bee ser tão legal.

A relação de Cole e Bee é uma amizade com sincronia de dar inveja, e quem assiste o filme espera que dure pra sempre. Seria uma pena que um ritual santânico atrapalhasse… A outra estrela do filme são os diálogo dos personagens, muitas referências e piadinhas para quem estiver atento. Contando com a presença de atores novos, mas com experiência com comédia, como King BachHana Mae LeeRobbie Amell, e Bella Thorne, não é de se surpreender que os dialogos sejam hilários.

Mesmos que sua participação seja pequena, Bella Thorne, com certeza tem a fala mais memorável. Sim, é a parte do tiro no peito. Você vai se pegar reencenando toda vez que levar uma pancada no peito, eu tenho certeza. Bella também comentou sobre a cena no Twitter, quando um fã elogiou a cena.

(“Essa [cena] foi mais improvisação!! E minha cena no final também haha. Brian estava me sugerindo ideias aleatórias nós somos muitos bons retrucando um ao outro.”)

Se você não assistiu ainda, vá já assistir A Babámorra de dar risada.